Faça você mesmo: como restaurar móveis em casa

Você tem aquela vontade de mudar algumas coisas na decoração da sua casa, mas está sem verba para ir às compras? Uma solução mais barata, que pode ser muito divertida e ainda ajudar você a contribuir com um consumo mais consciente é restaurar móveis.

Há uma série de técnicas que podem ser usadas para fazer isso, e não é preciso contratar um profissional, em especial se você tiver um móvel de madeira, daqueles mais antigos, com design que ultrapassa gerações (não dá para se desfazer deles, não é mesmo?).

Neste post, vamos mostrar que com dedicação, capricho e uma boa dose de paciência e criatividade você poderá repaginar a decoração do seu lar, sem gastar mais do que pode. Vamos conferir?

O que é preciso para restaurar móveis?

Se você já deu uma boa olhada à sua volta e encontrou um móvel de madeira para restaurar, então já está pronto para começar.

Defina o que deseja mudar nele e faça uma lista dos materiais que deverão ser usados em sua restauração. Não deixe também de arranjar um espaço com tamanho suficiente em casa para fazer todo o trabalho e de forrar o piso.

Confira a lista de materiais básicos:

  • pano macio para limpar o móvel;
  • lixas com gramaturas diferentes (mais grossas para tirar tinta ou verniz e mais finas para dar acabamento);
  • cola própria para madeira;
  • massa para madeira;
  • pinceis e rolos de pintura;
  • tinta própria para madeira;
  • fundo para preparar a madeira para pintura;
  • verniz.

Qual o passo a passo para a restauração em casa?

Com tudo em mãos, é hora de iniciar o trabalho. Confira um passo a passo para uma reforma básica em seu móvel, sem a necessidade de técnicas muito apuradas e gastando pouco.

1. Tire todos os acessórios

Seu móvel tem gavetas, puxadores e dobradiças? Tudo o que for removível deve ser retirado antes de começar o trabalho, para que a restauração seja feita com mais capricho. Assim, você não corre o risco de estragar esses materiais enquanto lixa ou pinta a madeira.

2. Limpe bem o móvel

Mesmo antes de lixar, é preciso remover toda a poeira e possíveis pontos onde pode haver mofo ou restos de cupim. Use um pano macio para esse trabalho, que pode estar umedecido com água, para facilitar a absorção.

3. Use a massa para reparar danos

Os móveis mais antigos muitas vezes podem estar com lascas, buracos e até mesmo partes amassadas. Não se desespere. A massa corrida específica para madeira vai ajudar você a deixá-lo como novo. Tenha paciência nesse processo.

4. Lixe o móvel

Depois que a massa secar bem, é hora de lixar o seu móvel antigo. Esse processo vai remover pinturas velhas, verniz ou lascas, deixando a sua superfície uniforme. Depois, será preciso remover todos os resíduos (aquela poeira fininha que a lixa deixa) para poder pintar. Você pode usar o pano úmido para isso.

5. Prepare a madeira para a pintura

Lembra-se de que colocamos em sua lista de compras o fundo para madeira? Essa é a hora de usá-lo. Com ele, será mais fácil passar a tinta depois, sem que você precise aplicar muitas camadas.

6. Comece a pintar

A pintura deve ser feita depois que o fundo estiver completamente seco. Verifique a recomendação na etiqueta do produto. Nas superfícies maiores, você pode usar o rolo para a pintura. Com o pincel, você vai alcançar melhor os detalhes. Não se esqueça de sempre passar a tinta em um sentido só.

Depois que secar, verifique se vai ser preciso uma nova demão. Se achar necessário, use o verniz (fosco ou brilhante) para finalizar. Ele ajuda a proteger melhor a madeira. Com tudo seco, é só colocar os acessórios novamente e você terá seu móvel restaurado.

Viu como é possível restaurar móveis em casa? Você vai ver como essa repaginada dará um toque de frescor ao ambiente, além de ser uma excelente maneira de reaproveitar materiais e contribuir com a sustentabilidade. Não deixe de compartilhar com seus amigos fotos do antes e depois para colher elogios, certo?

E você? Tem mais alguma dica sobre como restaurar móveis sem gastar muito? Deixe um comentário no post e divida conosco a sua experiência!

Sua opinião é muito importante!

Comentários