Como escolher o tecido ideal para a roupa de cama?

Vai morar sozinho, está prestes a se casar ou só quer mesmo renovar algumas coisas na sua casa? Escolher tecido para a roupa de cama pode ser determinante para que você tenha noites de sono mais agradáveis. Além disso, eles podem deixar o seu quarto mais bonito e aconchegante, dependendo do tipo, das cores e das estampas eleitas para seu novo enxoval.

Mas, afinal, como fazer a melhor escolha em meio a tantas opções no mercado? Saiba que alguns detalhes podem ajudar nisso, como a quantidade de fios (quanto maior, mais suave será o toque) ou o tipo de tecido (algodão, por exemplo, é a melhor escolha para alérgicos).

Continue a leitura e saiba quais são os principais tipos de tecido para a roupa de cama e quais as vantagens de cada um!

Percal

Os fios desse material são mais densos e podem ser de puro algodão ou mistos (com algodão e poliéster). Os de 100% algodão costumam custar mais, mas são melhores, como dissemos, para quem tem tendência a sofrer com alergias. Também garantem mais maciez, conforto e durabilidade.

A vantagem dos que têm poliéster em sua composição é que eles não amassam, ou seja, você não terá que gastar tempo passando a roupa de cama. Por outro lado, eles têm a tendência de formar bolinhas com o uso.

Microfibra

A popularização da roupa de cama em microfibra se deu há poucos anos e se deve às suas propriedades de troca térmica. É fácil de entender: esse tipo de tecido, bastante usado em edredons, costuma aquecer o corpo na medida certa.

Outras vantagens são a maciez, pois ela tem fios finos em nylon, poliéster ou acrílico, o que faz com que também não se amassem. Quem gosta de cores vivas e alegres pode encontrar na microfibra o tecido perfeito para compor o enxoval.

Só é preciso cuidado ao passar os lençóis, pois eles podem se queimar e, até mesmo, rasgar, com a alta temperatura, grudando no ferro.

Fio penteado

Quer uma roupa de cama que dure bastante e, ao mesmo tempo, seja suave ao toque? Opte por aquelas que tenham o tecido com fio penteado. Esse nome é usado porque em seu processo de confecção as impurezas são retiradas usando um pente nos fios, como fazemos com os cabelos, mesmo.

Linho

O linho nos remete à nobreza dos tecidos, sendo um dos mais antigos da história. Roupas de cama confeccionadas com ele dão ao quarto um toque de sofisticação e vão impressionar por sua elegância e conforto.

É ideal para os dias mais quentes, pois é um tecido que oferece sensação de frescor e garante o bem-estar nas suas noites de sono. O linho de boa qualidade também é bastante resistente. Mas, se você gosta da roupa de cama bem esticada, terá de usar o ferro de passar, pois ele costuma amassar bastante com o uso.

Algodão egípcio

Por fim, chegamos ao tecido mais sofisticado da nossa lista, que tem origem nas margens do Rio Nilo. O preço costuma ser bem mais alto do que as outras opções porque a fibra é colhida a mão.

Como as tramas são mais largas, os lençóis com algodão egípcio são bastante frescos e absorvem bem a umidade. Também são muito resistentes e podem durar a vida inteira se forem bem cuidados.

Independentemente do tecido escolhido, é sempre bom verificar a etiqueta nas peças com as indicações para o processo de lavagem. Saiba que o sabão líquido é sempre o mais recomendado, pois ajuda a proteger as fibras. E não se esqueça de escolher o UAU Amaciante para manter as peças perfumadas e macias, garantindo uma noite de sono deliciosa com a sua roupa de cama bem limpa.

O que achou do nosso artigo? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais para que eles também escolham o melhor tecido para a roupa de cama!


Sua opinião é muito importante!

Comentários