[INFOGRÁFICO] Tarefas domésticas para crianças: como elas podem ajudar?

Definir quais tarefas domésticas a criançada deve fazer é uma ótima forma de os pais começarem a educar seus pequenos para terem responsabilidade no futuro. Com isso, eles já podem começar a ajudar na organização da casa desde pequenininhos, participando ativamente da dinâmica da família.

Acredite: se você começa a cobrar deveres mais tarde, a dificuldade aumenta. Afinal, quanto mais o tempo passa, maiores são as barreiras para habituar as crianças a participar dessas atividades. Vamos conversar um pouco sobre o assunto? Confira por que você deve delegar tarefas domésticas para crianças e de que formas os pimpolhos podem ajudar!

Por que passar tarefas domésticas para crianças?

Na infância, ainda com a orientação dos pais, a adaptação a certas situações práticas é muito mais fácil. É preciso ter em mente que é nessa fase que a personalidade das crianças se forma. Daí a importância de ensinar responsabilidades desde cedo!

Você por acaso já ouviu pais reclamarem de filhos desobedientes, que jogam o uniforme e a mochila em qualquer canto, falam aos gritos e agem como se tudo tivesse que ser dado a eles de bandeja? Pois isso pode ser evitado, agindo desde os primeiros anos no sentido contrário a esse comportamento!

Em quais atividades os pequenos podem ajudar?

Na verdade, a delegação de tarefas depende da idade das crianças. Quanto menores elas forem, mais simples devem ser suas responsabilidades. Para você ter uma ideia, confira agora mesmo algumas opções para cada fase da infância!

Aos 2 anos

Aos 2 aninhos, o pequeno pode se responsabilizar simplesmente por juntar seus brinquedos depois da diversão. O ideal é criar um critério de separação (por cores, tamanho ou tipo, por exemplo) para a criança entender que cada coisa tem seu lugar. Nessa fase, a criança também pode levar seu lixinho para o cesto — como cascas de frutas ou embalagens vazias de iogurte.

Entre 3 e 4 anos

O pimpolho já começou a ir para a escolinha? Então pode arrumar sua própria mochila! Na hora da refeição, deve ser da criança o papel de levar seu prato para a pia — só tome o cuidado de usar peças de plástico, ok? Ela também pode ser ensinada a acomodar sapatos, roupas e outros objetos do dia a dia sempre no lugar certo.

Entre 5 e 7 anos

Já maiorzinha, a criança pode arrumar a própria cama! Dobrar e guardar as roupas lavadas que não precisam passar no guarda-roupa também pode ser uma boa pedida. O pequeno também pode ajudar a regar as plantas ou levar a roupa suja para a lavanderia.

A partir dos 8 anos

Quase adolescente, a partir dos 8 anos a criança está pronta para assumir uma série de responsabilidades, como:

  • arrumar a mesa e tirar a louça depois das refeições;
  • ajudar a carregar as compras;
  • estender e recolher a roupa do varal;
  • colocar água e comida para o bichinho de estimação;
  • varrer o próprio quarto;
  • colocar a roupa suja para lavar na máquina;
  • tomar conta de irmãos menores e ajudá-los em suas tarefas;
  • limpar móveis, tirando poeira e organizando objetos.

Outras atividades podem ser feitas sob supervisão, como preparar pequenas refeições e lavar a louça. Não se esqueça: sempre que envolver algum risco, mantenha-se por perto! E, por fim, se tiver mais de uma criança ou adolescente em casa, procure fazer uma divisão de tarefas justa.

E como lidar com as dificuldades?

Na prática, mesmo começando desde cedo, crianças e adolescentes podem ser bem rebeldes. Para amenizar o clima, os pais devem manter uma postura positiva, dividindo as tarefas de forma justa entre todos e até deixando que as crianças escolham as tarefas que querem assumir.

Além disso, determine horários e elogie sempre que tudo for feito de acordo com o combinado. Por outro lado, aja com rigidez quando o pequeno não fizer sua parte, fazendo-o entender que suas escolhas têm consequências. Nesse caso, avalie de que forma é melhor cobrar — você pode descontar uma parte da mesada ou diminuir o tempo para brincar e usar o computador, por exemplo.

Por fim, nada de tratar seu filho como criança ou fazer aquilo que ele deveria ter feito. Se ele deixou roupas sujas espalhadas pela casa, não tire do lugar nem lave. Quando ele precisar de algo que está no meio da bagunça, vai entender que precisa colaborar.

Como você viu, as tarefas domésticas para crianças também são uma forma de educar para a vida. Então que tal ajudar outras pessoas? Compartilhe este post em suas redes sociais!

Sua opinião é muito importante!

Comentários