Sustentabilidade: os cuidados ao escolher materiais de limpeza

A sustentabilidade é um tema que vem ganhando mais espaço em nossas vidas a cada dia que passa. E não é para menos! Segundo dados da Global Footprint Network (GNF), associação que mede anualmente o uso dos recursos naturais no planeta, em 2016 já estamos trabalhando no vermelho desde o último dia 8 de agosto! Traduzindo: em pouco mais de 8 meses, esgotamos os recursos naturais que deveriam ser consumidos em um ano inteiro!

Você se preocupa em fazer sua parte para diminuir os impactos causados pela presença humana no planeta? Então precisa saber que escolhas mais sustentáveis podem ser feitas até mesmo na hora de adquirir materiais de limpeza! Quer entender como? Então continue acompanhando nosso post de hoje!

Dê preferência aos concentrados

Você deve ter reparado que muitas empresas de material de limpeza vêm aderindo ao lançamento de seus produtos em versões concentradas, certo? E, acredite, essa é uma ótima notícia! Isso porque, além de serem mais econômicos para o bolso, ainda poupam de maneira significativa os recursos naturais do planeta. A água é o primeiro deles.

Por serem concentrados, esses produtos demandam muito menos água durante o processo de fabricação. Além disso, as embalagens dos materiais de limpeza concentrados costumam ser menores, o que significa menos plástico no ambiente, sem contar que eles são mais leves e fáceis de transportar, o que acaba diminuindo a emissão de gases poluentes provenientes dos veículos responsáveis por sua distribuição. E como proporcionam exatamente o mesmo efeito de suas versões diluídas, não há nenhuma desculpa para não fazer a substituição!

Escolha produtos biodegradáveis

A grande maioria dos produtos de limpeza possui diversos compostos químicos em sua composição. Isso é absolutamente normal, visto que são essas as substâncias que reagirão quimicamente com a sujeira, dissolvendo-a ou a removendo das mais diversas superfícies. A questão é que alguns desses compostos são extremamente nocivos para o meio ambiente, contaminando rios e lagos e sobrecarregando os sistemas de água e esgoto. Já outros, não.

Por isso, sempre vale a pena dar uma boa conferida na composição dos materiais de limpeza antes de comprar. O segredo está em preferir os que possuem matérias-primas mais amigas do meio ambiente. E essa informação geralmente está contida no rótulo do produto.

Pesquise o histórico das marcas

Apesar de existirem centenas de marcas de material de limpeza disponíveis no mercado, definitivamente não são todas que possuem uma preocupação genuína quando se trata de sustentabilidade. E não falamos aqui apenas da composição dos produtos em si, mas da aplicação de estratégias não impactantes ao meio ambiente em toda a cadeia produtiva. Isso envolve os processos de fabricação, embalagem, transporte e distribuição, descarte de resíduos, tratamento de efluentes e até mesmo ações mitigadoras de impactos.

Empresas realmente comprometidas com essa questão têm um papel extremamente importante na manutenção dos recursos naturais e na conservação da região em que estão instaladas. Com tudo isso em mente, dê uma boa pesquisada no histórico das marcas que você conhece antes de fazer a aquisição de qualquer material de limpeza. O meio ambiente agradece!

E então, você também acha que as atitudes e escolhas sustentáveis devem estar presentes até mesmo na hora de escolher materiais de limpeza? Então que tal compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para fazer com que ele chegue a mais pessoas?

 

Sua opinião é muito importante!

Comentários