Entenda a importância da sustentabilidade em casa

Você já parou para pensar em formas de promover a sustentabilidade em casa? Algumas dicas sobre isso já podem até mesmo ser consideradas óbvias, como o uso racional da água e a separação do lixo. Há outras que, muitas vezes, nem passam pela nossa cabeça, mas que são bem interessantes para quem deseja adotar ações que ajudem a contribuir com a preservação do meio ambiente.

Afinal, o assunto é cada vez mais discutido, mostrando a urgência da tomada de atitudes positivas de combate à agressão à natureza. Vale a pena exigir que os governos e as empresas invistam na sustentabilidade, mas é preciso também olharmos para as nossas ações e enxergarmos o que podemos fazer para contribuir com essa causa, não é mesmo?

Para ajudar você a pensar melhor no assunto, trouxemos algumas dicas de como promover a sustentabilidade em casa. Você vai ver que muitas delas são bem fáceis de executar. Dá uma olhada!

Use a água de forma mais racional

Se pararmos para pensar, a água é um dos recursos naturais mais afetados pelas nossas ações enquanto seres humanos. Ela pode ser agredida tanto por resíduos industriais quanto domésticos, com a destinação inadequada de lixo, por exemplo, ou pelo uso de produtos que não se decompõem e acabam afetando a vida aquática.

Além disso, seu uso indiscriminado pode afetar as nossas fontes, fazendo com que o acesso a água própria para consumo se reduza, e provocando a seca em diversas regiões do mundo. Assim, é fundamental ter ações em casa para a sua preservação, como:

  • reaproveitamento da água utilizada;
  • captação e uso de água da chuva;
  • sistema solar de aquecimento;
  • tratamento adequado do esgoto doméstico;
  • uso racional da água no banho, nas torneiras e na limpeza.

Separe o lixo para a reciclagem

Há muitos anos esse tem sido um alerta importante para a promoção da sustentabilidade em casa. Até mesmo as escolas vêm adotando o assunto da separação do lixo para a reciclagem em suas grades curriculares, para que a conscientização das crianças alcance também os adultos dentro de casa. Claro que nem todas as pessoas têm condições de reciclar o lixo por conta própria, mas a separação pode ser feita facilmente, apoiando o trabalho e gerando renda para as pessoas que atuam nesse segmento.

Plásticos, vidros, metais, papéis, papelões e muitos outros materiais usados podem ser reaproveitados para a fabricação de outros produtos. O benefício para o meio ambiente é imenso, já que a reciclagem reduz a agressão tanto ao solo quanto à água e ao ar. Até mesmo as empresas já descobriram que o reaproveitamento de materiais pode reduzir os custos.

Troque as lâmpadas comuns pelas de LED

O mercado está bem atento à preocupação com a sustentabilidade. Uma prova disso é a criação das lâmpadas de LED (light emitting diode), que substituem as velhas fluorescentes e incandescentes, reduzindo o consumo de energia e aumentando a vida útil. Ou seja, além de ajudar a natureza, elas proporcionam uma boa economia.

Você pode aliar ao uso de lâmpadas de LED a adoção de boas práticas. Entre as ações estão desligar as lâmpadas em ambientes não frequentados, implantar sistemas de iluminação com sensor de presença, tirar da tomada os aparelhos eletrônicos que não estão sendo usados.

Diminua o uso de plástico

Já olhou em volta e reparou quanto plástico está presente em nossas vidas? E quando o material é descartado de forma inadequada, já imaginou onde vai parar? A má notícia é que boa parte dos materiais plásticos termina no mar e nos rios, “embalando” a vida aquática e matando animais e plantas. Os danos à natureza são irreparáveis.

É por isso que em muitas cidades já existem leis que visam a redução do uso desse material, como a proibição do uso de canudos plásticos, o incentivo à substituição das sacolas plásticas por outras reaproveitáveis e ecológicas, entre outras ações. Outra preocupação é com os chamados microplásticos, que podem estar presentes nos cosméticos, por exemplo. Por isso, leia com atenção o rótulo de cada produto!

Pratique a alimentação sustentável

Você já ouviu falar na alimentação sustentável? Trata-se da adoção de práticas na cozinha que atendem àquelas pessoas que desejam consumir alimentos mais saudáveis e com menos desperdícios. Assim, o uso de das talas, folhas e cascas é incentivado, tornando as receitas mais nutritivas e até saborosas.

Além disso, a alimentação sustentável prevê ações como a compra de alimentos a granel, o incentivo à produção local, o consumo de frutas, legumes e verduras de época, entre outras. É uma forma de movimentar a economia local, reduzir o consumo de agrotóxicos (pois os produtos de época precisam menos deles para se desenvolver de forma saudável) e diminuir o uso de embalagens plásticas, que mencionamos antes.

Escolha produtos de limpeza biodegradáveis

Sabia que até na hora de limpar a casa dá para ser mais sustentável e prejudicar menos a natureza? E não estamos falando apenas de usar menos água para deixar tudo limpo. Há produtos que são fabricados com substâncias menos agressivas para o meio ambiente, com toxicidade reduzida ou até mesmo sem nenhuma. Melhor que isso, alguns usam substâncias renováveis ou biodegradáveis.

Outro elemento importante e que tem tudo a ver com a sustentabilidade é a forma com são feitos os testes nesses produtos. Até bem pouco tempo atrás, os laboratórios usavam animais para fazer as suas pesquisas, com o intuito de descobrir se aquelas substâncias causavam danos à saúde humana.

Porém, hoje em dia, há muitas empresas que descartaram esse tipo de testes para entregar aos seus clientes um produto menos agressivo. É o caso da UAU, que tem a preocupação com o meio ambiente em seu DNA e não permite a realização de testes em animais para os estudos em seus produtos. Assim, a empresa ajuda você a deixar a sua casa limpa, sem que o meio ambiente seja prejudicado com isso.

E então, gostou da ideia de promover a sustentabilidade em casa e quer começar a praticá-la na compra de produtos que não testam em animais? Aí vai uma dica: conheça a nossa linha UAU Perfumes e deixe a sua casa cheirosa, sem agredir a natureza!

Sua opinião é muito importante!

Comentários