Saiba como montar uma planilha de orçamento doméstico

Manter as contas em dia é um desafio e tanto! Você precisa controlar cartões de crédito, gastos de fim de semana, contas e muito mais! O trabalho é tanto que muita gente prefere usar uma planilha de orçamento doméstico.

Elas são mais simples que muitos softwares de controle financeiro e podem ser adaptadas à sua realidade. Se você ainda não aderiu à ideia, acompanhe o post e entenda por que uma planilha de orçamento doméstico pode ser o pulo do gato para alcançar equilíbrio financeiro!

Por que fazer um planejamento financeiro?

Tem gente que reclama que o salário sempre acaba antes do mês. Outros falam que não sabem aonde vai todo seu dinheiro. Tem aqueles que querem comprar uma casa, mas nunca sobra nenhum tostão. Se você se identifica com uma dessas situações, o problema pode estar na falta de planejamento.

Sem se planejar, não importa se você ganha muito ou pouco: nunca vai ser suficiente! Quando você se organiza, paga as contas e define seu limite de gastos, consegue manter as rédeas da sua conta-corrente. É fundamental saber:

  • em que você vem gastando mais;
  • o que você precisa cortar de sua rotina;
  • quanto você pode poupar mensalmente;
  • como manter suas contas em dia;
  • como realizar seus sonhos de longo prazo.

Portanto, mude isso hoje: crie uma planilha e faça seu controle financeiro.

Vale a pena usar uma planilha para controlar as contas?

Mas por que não anotar as contas no caderninho? Os motivos são vários. Tudo que é manual está mais sujeito a erros. Além disso, você não leva seu caderninho para onde vai e pode esquecer de anotar esse ou aquele gasto!

Com a planilha, as contas podem ser feitas de uma forma automática, com fórmulas, se atualizando sempre que você inserir um novo gasto. E ainda existe a vantagem de levá-las aonde for, direto no seu smartphone. Se você não conhece nada de planilhas eletrônicas, procure videoaulas básicas na internet e aprenda como usar o Excel ou o Calc.

Como montar uma planilha de orçamento doméstico?

Você pode criar sua planilha por conta própria. Para isso, comece colocando os seguintes dados na primeira linha, da esquerda para a direita:

  1. tipo de movimentação (entrada ou saída de dinheiro);
  2. forma de pagamento/recebimento (cartão de crédito, conta-corrente, dinheiro à vista);
  3. data prevista para a transação;
  4. valor do movimento.

Faça isso antes mesmo de receber seu salário. Ao registrar uma entrada — como salário, décimo terceiro etc. — coloque o valor na forma positiva. Se for uma saída, deixe registrado de forma negativa.

Registre tudo o que está previsto para o mês, como contas de água, aluguel, prestações etc. Se você faz as compras no supermercado com vale-alimentação ou vale-refeição, registre o crédito do benefício como uma entrada e as compras como uma saída.

Depois que tiver anotado tudo, abaixo do último valor registrado, use a fórmula SOMA para saber o saldo final. Assim, você verá quanto vai sobrar (ou faltar) no seu orçamento mensal.

O valor a mais precisa ser o limite para gastos com lazer e outras despesas não previstas. Lembre-se de começar a poupar, formando uma reserva financeira para seus objetivos e possíveis gastos imprevistos.

Se você está fechando o mês no vermelho, confira em que estão se concentrando os gastos maiores na sua lista. Assim, você saberá em que precisa cortar despesas para economizar.

Pode ser hora de fazer um comparativo de preços nas compras do mês, para encontrar opções mais em conta. Se, por exemplo, seu gasto com produtos de limpeza está alto, vale a pena fazer uma pesquisa de mercado e buscar as opções mais econômicas, com o melhor custo-benefício!

Se tiver dificuldades no uso da planilha, você pode baixar apps que já trazem categorias prontas e permitem fazer o download do arquivo para acompanhamento. Basta adaptar tudo à sua realidade!

Monte sua planilha de orçamento doméstico, mesmo de forma bem simples. O importante mesmo é começar e, aos poucos, você vai se aperfeiçoando no uso da ferramenta e no controle das contas. Isso ajudará muito a controlar suas finanças!

E, por falar nisso, conheça 5 cuidados com a casa que vão ajudar você a economizar. Leia o artigo completo agora mesmo!

Sua opinião é muito importante!

Comentários