Quarto montessoriano: o que é e como decorar para seu filho?

Você já ouviu falar no quarto montessoriano? Esse método de decoração do ambiente para as crianças foi desenvolvido para dar mais independência a elas e, com isso, estimular o seu desenvolvimento. Não é preciso fazer nenhuma grande obra para alcançar esse resultado. Basta fazer algumas adaptações nos móveis utilizados para compor esse cômodo.

Se você está à espera de um bebê ou tem filhos pequenos e deseja mudar a decoração do quarto usando as técnicas propostas pela pedagogia montessoriana, acompanhe o nosso post. Separamos algumas dicas para você fazer isso e proporcionar momentos preciosos para a infância dos seus filhos. Acompanhe!

O que é a pedagogia montessoriana?

Essa metodologia de ensino foi desenvolvida em 1907 pela educadora Maria Montessori, na Itália, seu país de origem. Rapidamente, passou a ser utilizada mundialmente, pois a pedagogia montessoriana prioriza que as crianças tenham mais independência, o que os especialistas chamam de autoeducação.

Assim, a pedagogia que usa esse método oferece elementos para que os pequenos aprendam sozinhos, a partir do estímulo e da autonomia. A ideia é que a criança ganhe segurança para explorar o aprendizado de forma mais autônoma e a partir dos seus próprios interesses.

Quais as principais características de um quarto montessoriano?

Ao decorar o quarto usando essa metodologia como premissa, será preciso pensar na criança como centro de tudo. Assim, o quarto montessoriano tem camas baixas, próximas ao chão, para que elas tenham independência ao acordar e explorar o ambiente ao redor. Da mesma forma, os brinquedos devem ser dispostos em armários, prateleiras ou caixas de onde podem ser retirados pelos pequenos sem a ajuda de um adulto.

Uma forma de manter o interesse da criança pelos brinquedos é trocá-los de lugar a cada 15 dias, criando um rodízio entre eles para oferecer mais estímulos. O quarto montessoriano também costuma ter um espelho na altura da criança para promover o autoconhecimento. Fique atento apenas à fixação, para que não provoque acidentes.

Para que os bebês sejam estimulados a aprender a se levantar e, até mesmo, caminhar, podem ser instaladas barras nas paredes em uma altura compatível com eles. O tapete proporciona aconchego e experiências sensoriais e os armários devem ser baixos, estimulando a independência ao se vestir.

Como garantir a segurança da criança com esse estilo de decoração?

Com tanta autonomia oferecida aos pequenos, você pode estar se perguntando: como fica a segurança? Ao planejar a decoração do quarto montessoriano, é preciso estar atento a algumas dicas para prevenir acidentes que podem colocar em risco os pequenos. Confira algumas situações a que você deve dar mais atenção para ter tranquilidade com as crianças no cômodo:

  • não use móveis com quinas (prefira aqueles arredondados nas extremidades);
  • evite quadros e porta-retratos com vidros, escolhendo os que têm proteção em acrílico;
  • use fita dupla face para prender os objetos na parede, no lugar dos pregos;
  • não use na decoração móveis que corram o risco de tombar;
  • use protetores de tomadas.

Como você pode ver, a decoração do quarto montessoriano não é difícil, só precisa de alguns cuidados para garantir a segurança dos pequenos. Aos escolher usar essa metodologia como base, você vai oferecer um ambiente estimulante e acolhedor para os seus filhos, que vão se desenvolver com mais independência.

Gostou das nossas dicas? Quer mais informações úteis sobre os cuidados com as crianças? Leia este outro post que mostra como lavar roupas de bebê adequadamente.

Sua opinião é muito importante!

Comentários