Plantas na decoração: 5 espécies que não podem faltar!

Muitas vezes, a sua casa está prontinha, toda arrumada e, mesmo assim, você olha em volta e sente que falta alguma coisa para dar vida ao ambiente. Sabe o que pode ser? A ausência de plantas na decoração!

Há espécies adequadas a cada tipo de ambiente, luminosidade e à sua disposição para cuidar das plantas. Quer conhecer um pouco mais sobre o assunto antes de escolher alguns tipos e criar seu próprio jardim?

Continue a leitura e identifique as que mais combinam mais com você!

1. Marantas

Essas plantas conferem um ar mais tropical ao ambiente. Há uma série de variações, todas com folhas grandes e bonitas. E elas podem ficar à meia-sombra, ou seja, não precisam da luz direta do sol.

São também conhecidas como rezadeiras, já que as folhas ficam deitadas durante o dia e se fecham à noite, permanecendo na vertical. Se elas não baixam pela manhã é porque estão precisando de mais luz. A terra deve ficar úmida, sem encharcar.

2. Antúrio

Se você quer ter dentro de casa flores que dão mais cor ao espaço, opte pelo antúrio. Ele também não precisa de luz direta do sol para se desenvolver e é conhecido por durar bastante tempo! O solo deve ficar úmido, mas sem encharcar, assim como as marantas.

O antúrio é encontrado em diversas cores, indo do branco ao vermelho, e suas folhas têm formato de coração, o que dá uma charme especial ao local.

3. Jiboia

Quer uma planta muito resistente e que sobrevive, mesmo se você for daquelas pessoas que vivem se esquecendo de molhar os vasos? Opte pela jiboia! Ela está acostumada a viver à sombra de outras plantas e, por isso, acaba se adaptando em qualquer ambiente dentro de casa — até ao banheiro!

O ideal é que seja plantada com terra bem adubada, e as folhas crescem bastante. Se você deixar essa espécie em um local alto, a planta ficará pendente. Caso faça um apoio, como uma grade, pode ser cultivada como trepadeira.

4. Orquídea

Muita gente pensa que a delicadeza da orquídea a impede de viver bem dentro de casa. Pelo contrário! Ela requer poucos cuidados, podendo ficar à meia sombra. Mas ela deve receber bastante iluminação indireta. Por isso, o ideal é que seja colocada perto das janelas.

Suas flores têm cores variadas, como rosa, roxo, branco e amarelo. Para as orquídeas, o vaso ideal é o de barro, pois é mais poroso e consegue drenar a água.

5. Suculentas

Elas têm sido consideradas as atuais vedetes entre as plantas na decoração. As suculentas são muito fáceis de cuidar, pois não precisam de muita água. Você saberá que deve molhar o vaso quando as folhas, que costumam ser bem grossas e endurecidas, murcharem.

Por outro lado, se as folhas da base da planta começarem a apodrecer, é sinal de que você deve diminuir a quantidade de água. Coloque-as próximo a locais onde bate o sol, para que as suculentas enfeitem a sua casa por mais tempo.

Uma última dica: ao selecionar as plantas, tome cuidado também com os vasos e cachepôs que vão receber as plantas na decoração. Os de barro deixam passar umidade e, por isso, não é recomendável colocá-los sobre superfícies de madeira. Para esses casos, os melhores são os metálicos. Atualmente, também podem ser encontrados vasos de plástico muito bonitos, resistentes e com diferentes designs e cores.

Gostou das nossas dicas para alegrar a decoração da sua casa? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outros artigos como este!

Sua opinião é muito importante!

Comentários