Como montar uma mini-horta em casa: confira o passo a passo

Com as tendências de alimentação saudável, sustentabilidade e consumo consciente se fortalecendo a cada dia, ter uma hortinha em casa se tornou o sonho de muitas pessoas. E a boa notícia é que não é preciso ter uma varanda grande ou um quintal para concretizar esse desejo! Na verdade, basta ter um cantinho disponível em casa para cultivar seus temperos e ervas favoritos, montando sua própria hortinha!

O melhor de tudo é que você terá acesso a alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos e com uma pitada extra de afeto — afinal, é você quem vai cuidar desde o início para que eles cheguem deliciosos e saudáveis a seu prato! Animado para esse projeto? Então confira a seguir um passo a passo bem prático para montar uma mini-horta caseira!

Defina o local certo para sua hortinha

O primeiro passo para montar uma mini-horta é escolher o local adequado. A princípio, boas opções são a cozinha e a varanda. Assegure-se de que o ambiente é acessível, que tem água disponível e uma boa incidência de luz solar e calor — pelo menos 4 horas por dia. A recomendação é que a horta seja voltada para o norte, a fim de aproveitar melhor o sol.

Escolha as espécies de plantas

Definido o ambiente em que sua mini-horta será montada, é hora de escolher as espécies. Se o espaço é compacto, priorize as plantas de pequeno porte, como agrião, manjericão, hortelã, manjerona, alecrim, orégano, sálvia, salsa, cebolinha, louro e tomilho. Já se você dispõe de um ambiente um pouco maior, hortaliças como alface, beterraba, pepino, abobrinha e espinafre são bem-vindas,

Adquira os recipientes para a montagem

Depois de escolher o local da horta e as espécies a serem cultivadas, chegou a hora de providenciar os recipientes para o plantio, que devem ter dimensões proporcionais ao espaço disponível. Então nada de escolher vasos muito grandes para ambientes pequenos, combinado? Dê preferência a vasos pequenos, canteiros e jardineiras. Certifique-se de que eles possuem furos para a drenagem do excesso de água, a fim de garantir o bom enraizamento e evitar que as raízes apodreçam.

Parta para o plantio

Para plantar as hortaliças, misture a terra com o composto orgânico e, em seguida, cubra o recipiente escolhido até a borda. Cave um pouco a terra e plante a muda ou semente. Aí é só acrescentar terra adubada para fechar o buraco!

Cuide da manutenção da mini-horta

Saiba desde já: ter uma hortinha caseira demanda dedicação. Por isso, não basta simplesmente plantar as hortaliças. Também é preciso cultivá-las com carinho! E por mais que os cuidados dependam de cada espécie, podemos dar uma regra geral: as plantinhas devem ser regadas com frequência, só evitando encharcá-las — pois o excesso de água as enfraquece e aumenta a propensão ao surgimento de doenças.

Outro cuidado importante consiste em adubar a terra uma vez por mês. Quanto à poda, ela será necessária sempre que as folhas murcharem ou apodrecerem. Para evitar pragas e insetos, fuja de inseticidas agressivos, dando preferência a repelentes naturais, como a citronela.

Viu como não é nada difícil montar uma mini-horta caseira? Vai colocar nossas dicas em prática? Não se esqueça de voltar aqui para nos contar como ficou sua hortinha, viu?

Sua opinião é muito importante!

Comentários